Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 572
Menu

Animais selvagens ameaçam produção de vinhos da Toscana.

Animais selvagens ameaçam produção de vinhos da Toscana.

Superpopulação de javalis e veados atemoriza produtores italianos da tradicional uva Chianti Classico...

Cercas de aramado estão crescendo na Itália. Algo destrutivo está se alastrando e pode causar um enorme prejuízo no longo prazo. Se isso parece uma guerra, então o campo de batalha são as conhecidas vinhas de Chianti, tradicional região vinícola da Itália nas colinas da Toscana.

O inimigo? Uma enorme população de javalis e veados que gosta de saborear uma boa uva açucarada e brotos das videiras. Os animais são muito tradicionais na região, principalmente pela caça e gastronomia. É o que mostra uma reportagem especial do jornal "New York Times". Explosão populacional

Ao longo do tempo, as "feras" foram aumentando suas manadas sem nenhuma intervenção. Mas agora os grupos dessas espécies são quatro vezes maior na Toscana do que em toda Itália. Na Europa, apenas algumas regiões da Áustria tem um número equivalente.

Viticultores e agricultores da região dizem que a grande população atrapalha o ecossistema delicado da Toscana, além de provocar centenas de acidentes de carro por ano e danificar o bem mais precioso, a Chianti Classico.

Perdas de US$ 16 milhões

Em números, os valores da colheita perdida já chegam à marca de US$ 16 milhões. Há também os custos de montagens e manutenção de cercas, que dividem opiniões por distorcerem a paisagem natural da Toscana.

Em fevereiro, o governo local aprovou a lei que diminuirá drasticamente o número de javalis e veados selvagens ao longo dos próximos três anos, encurtando a população de 400.000 para 150.000. 

Muitos viticultores estão usando pequenos canhões sonoros com gás para espantar os animais. A ferramenta ainda está em fase de teste, mas aparenta ser a menos agressiva à integridade dos bichos. Os canhões emitem uma frequência ultraelevada, audível apenas pelos javalis e veados, que acabam se afastando. 

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

back to top